A importância da Psicoterapia

Uma questão bastante importante para seu crescimento e formação: a psicoterapia. Ela será primordial, tanto para oportunizar o contato e a aprendizagem com as próprias fraquezas e dificuldades, quanto para já ir formando uma postura mais saudável que facilitará, desde já, o seu contato com as pessoas ou as instituições que se relaciona. O desafio é fazer com que, a atenção para com o autocuidado seja uma busca espontânea e constante. Pensar na terapia pessoal como um valor e não como uma imposição. Assim, a psicoterapia constitui-se como um espaço privilegiado de aprendizagem.

Realizar a psicoterapia torna-se um compromisso ético, que evita que contaminemos o processo existencial com nossos conteúdos inconscientes. Para Guggenbuhl-Craig, “os homens só caem em desgraça porque perderam o contato com o inconsciente ou porque não se conhecem plenamente”.

Há de se considerar que o profissional escolhido para a psicoterapia poderá, alguma vez, apresentar-se falho. Na psicoterapia são abordados temas dos mais variados: fases transitórias, mudanças de vida, doenças psíquicas, problemas matrimoniais, conflitos familiares, adaptação a novas situações de vida como: aposentadoria, adoecimento, fracasso profissional, e muitas outras demandas.

Quem experimentar a psicoterapia, poderá conhecer os principais problemas de sua personalidade, e assim, compreender como estes foram elaborados. Também terá a percepção de que o contato com seu EU verdadeiro foi retomado, e ganha agora, através do caminho de conscientização, novas possibilidades de expressão e articulação.

Osmar Ramos _ CRP 0322237

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *