FORMAS DE PERCEPÇÃO

A presença e a condição do indivíduo são extremamente importantes para a percepção do estímulo, dado que o indivíduo possui diferentes tipos de percepção que lhe permitem adequar-se à informação recebida e, assim, organizar as representações do mundo.
      Deste modo, existem diversos tipos de percepção, em que as percepções visual e auditiva representam as formas mais desenvolvidas no ser humano, dado que foram fundamentais à sobrevivência da espécie humana. 

     —–Percepção Visual – percepção de raios luminosos pelo sistema visual. Caracteriza-se pela percepção das formas, relações espaciais, cores, intensidade luminosa e movimentos.
     ——Percepção Auditiva – percepção de sons pelos ouvidos. O estudo da percepção auditiva baseia-se na análise da percepção de timbres, alturas e frequências, da percepção da intensidade sonora e volume, e ainda da percepção rítmica, intensamente relacionada com a percepção temporal.             
     ——-Percepção Olfactiva – percepção de odores pelo nariz. Apesar de o olfacto não ser um sentido muito apurado nos seres humanos, este é extremamente importante para o nosso paladar, nomeadamente durante a alimentação.
     ———-Percepção Gustativa – percepção de sabores pela língua, geralmente associada ao prazer. Tal como o olfacto, representa um dos sentidos menos desenvolvidos nos seres humanos.
     ———Percepção Táctil – percepção de objectos e sensações pela pele. Este tipo de percepção permite reconhecer a presença, forma, tamanho e temperatura dos objectos em contacto com o corpo. Além disso, é extremamente importante para o ser humano ao permitir o adequado posicionamento do seu corpo como a protecção física do mesmo. Este tipo de percepção não é uniforme, dado que as mãos, a língua e os lábios apresentam uma maior sensibilidade, pelo que é mais acessível para os mesmos a identificação dos estímulos. 
     ———Percepção Temporal – percepção das durações temporais, produção de ritmos, ordem temporal e simultaneidade. Este tipo de percepção é extraordinariamente importante na música, daí estar directamente relacionado com a percepção auditiva. A percepção temporal não é exclusivamente identificada por nenhum órgão, resultando da identificação combinada por parte dos órgãos dos sentidos e das potencialidades do cérebro.
     ———-Percepção Espacial – percepção das distâncias entre os objectos. Não existe nenhum órgão específico que identifique a percepção espacial, dado que a percepção de distância e do tamanho relativo dos objectos implica a conjugação da percepção auditiva, visual e temporal. Deste modo, poderemos identificar se um objecto se está a aproximar ou a afastar através do som mais ou menos intenso por ele produzido, pela observação das suas dimensões ou pela análise do aumento ou diminuição da sua nitidez. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *