Será que meu filho precisa de um psicólogo?!

Olá, primeiramente já quero quebrar o preconceito sobre as consultas com o psicólogo. Já está mais que superada a necessidade dos psicólogos e psicólogas no mundo contemporâneo.

Outro ponto importante, é o acompanhamento psicológico de crianças e adolescentes como recurso de promoção da saúde. Isso fica evidente nas leis que obriga os profissionais de psicologia na dinâmica escolar por exemplo.

Isso porque, nossas crianças, muitas vezes, estão passando por fases que precisam de apoio técnico-profissional. Uma em cada 5 crianças pode apresentar transtornos de comportamento, e pode deixar seus responsáveis sem saber como lidar com isso.

Não raro elas sentem alguma tristeza persistente, brigas com amigos, déficit na escola, têm crises de agressividade, de mau humor, insônia, e muitos outros.

Por exemplo, a escola pode chamar atenção de que seu rendimento caiu muito e pedir que os responsáveis procurem um psicólogo para orientaá-los.

Quando houver:

  • Recusa de ir à escola;
  • Brigas e agressões constantes com seus amigos;
  • Explosões descontroladas e frequentes de raiva e choro;

Busque ajuda, pois na maior parte das vezes qualquer que seja o tratamento necessário reverterá em alívio tanto para ela quanto para os responsáveis.

Osmar Ramos, psicólogo clínico. CRP: 0322237.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *